Ler em voz alta

A leitura mediada, aquela feita em voz alta para outras pessoas, pode ser uma excelente ferramenta de aprendizado.

Claro que mesmo vivendo num período desafiador com pandemia e medos constantes, até mesmo a leitura em família pode trazer grandes benefícios para todos, proporcionando momentos de união e confraternização.



Vamos ler em voz alta?

A leitura em voz alta é uma prática que vai muito além de treinar a oratória. Esse exercício deve começar ainda na infância podendo continuar na fase adulta. Quando treinamos essa técnica, os benefícios possibilitam sensações e aprendizados que serão úteis por toda a vida, já que obriga a ler cada palavra, algo que as pessoas não fazem muito quando leem rápido ou em silêncio.

Você já deve ter escutado sobre grupos de leitura ou até mesmo faça parte de um. São encontros que valorizam a leitura compartilhada, ou seja, em voz alta, realizados muitas vezes em bibliotecas, livrarias, saraus e sala de aula, nas casas de pessoas que se organizam em grupos e, claro com a pandemia dá pra fazer até mesmo por zoom.


Mas, afinal, por que a leitura em voz alta é importante?

1. Conhecendo a língua

Quando lemos em voz alta, proporcionamos a nós mesmos o conhecimento da própria língua, pois, como uma palavra pode ter vários níveis de significados, a pronúncia do vocábulo é uma excelente maneira de aprofundar mais o nosso aprendizado.

Na infância, esse aspecto é crucial porque a criança ainda está assimilando a grafia com o som, o que facilita o entendimento do conjunto léxico que acabou de ser apresentado ao pequeno. Com a compreensão da língua, as ‘novas palavras’ passam a fazer parte da vida do aluno, enriquecendo o vocabulário e contribuindo para o seu uso gradual no cotidiano.


2. Excelente prática para o aprendizado da leitura

No ensino primário, uma das maneiras mais didáticas de treinar a nova habilidade dos pequenos é estimular a prática de leitura em voz alta. Para isso, os educadores devem acompanhar passo a passo, identificando também os limites do aluno.

Nessa fase do desenvolvimento, os professores precisam se atentar à maneira que as crianças pronunciam as palavras, mas sem que haja aquela exigência pela forma correta, tendo em vista que elas ainda estarão lidando com a grafia da palavra e seu som.


3. Aproximação ao universo da leitura

Quem presencia a leitura em voz alta é apresentado a um mundo de possibilidades, uma vez que ao escutar uma história, a imaginação pode se fazer presente nos espectadores. Quando isso acontece, as crianças podem ter o imaginário estimulado por meio de elementos importantes na narrativa, como a articulação das palavras, a entonação, o volume e o ritmo da voz.


4. Ajuda na concentração

Sabia que a leitura em voz alta pode ser excelente para ajudar a se concentrar mais? Isso mesmo. O leitor tende a ficar mais atento ao que está escrito e à forma de pronunciar as palavras e é ideal para fixar conteúdos na mente. De acordo com estudos realizados pela Universidade de Waterloo (Canadá), isso acontece porque o fato de a pessoa falar e se ouvir contribui para a fixação das palavras na memória em um longo prazo (‘efeito de produção’).


5. Melhoria na função respiratória

Para sermos bons leitores ou oradores, devemos saber administrar nossa respiração. Muitas vezes, a leitura precisa de um fôlego exato para determinadas pronúncias, que só se adquire treinando esta habilidade.


A leitura é sempre essencial para nossa vida, seja para nos proporcionar mais conhecimento ou para nos relaxar. Concordam?

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo